Buscar

Nova abordagem pode revolucionar terapia do diabetes tipo 2


Uma marca registrada do diabetes tipo 2 (DM2), doença que a OMS estima afetar 463 milhões de adultos em todo o mundo, é a resistência do fígado em processar da forma habitual os efeitos de redução da glicemia do hormônio insulina.


Foi descoberto que duas enzimas, a quinase protéica regulada por soro e glicocorticoide (SGK) e a proteína quinase serina/treonina (AKT), são ativadas em paralelo em resposta à insulina.


Estudando o processo mecanicista envolvido no DM2, pesquisadores do Massachusetts General Hospital decidiram investigar o papel dessas enzimas estimuladas no fígado pela insulina.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

6 visualizações