Buscar

Novo estudo genético pode aprimorar prevenção e diagnóstico do câncer testicular


Os tumores de células germinativas testiculares (TCGT) respondem por 95% dos cânceres testiculares e sua incidência tem aumentado muito nos últimos 25 anos, principalmente entre homens brancos e, mais recentemente, latinos.


A novidade é que um estudo de pesquisadores do Consórcio Internacional de Câncer Testicular (TECAC), liderado pela Universidade da Pensilvânia, conseguiu aumentar significativamente a compreensão sobre os condutores genéticos do TCGT, o que pode ser utilizado na prática clínica para aprimorar o diagnóstico e os resultados dessa doença muitas vezes curável.



Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

0 visualização