Buscar

Novo estudo reforça nova hipótese sobre a causa da doença de Alzheimer


A principal característica da doença de Alzheimer (DA), e que é critério para o diagnóstico da doença, é a demonstração de depósitos cerebrais de proteínas anormais, mais especificamente placas de proteína amiloide e depósitos neurofibrilares de proteína tau.


Por isso mesmo, o consenso era no sentido de que esses acúmulos proteicos anormais causassem ou se relacionassem com a causa da DA. Grande parte da pesquisa visando a cura abordou a deposição anormal dessas proteínas.


Mais recentemente, estudos têm desafiado o entendimento anterior e aventado outras causas potenciais para a DA. Um desses estudos foi conduzido recentemente por pesquisadores da Universidade da Califórnia e tem o diferencial de ter identificado um promissor alvo terapêutico.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

25 visualizações