Buscar

Novos alvos terapêuticos potenciais no glaucoma identificados


O glaucoma acomete milhões de pessoas em todo o mundo, sendo a segunda principal causa de cegueira. A doença não possui cura e uma gama de tratamentos, incluindo colírios, medicações sistêmicas, laserterapia e cirurgia, tem como objetivo manter a pressão intraocular (PIO) sob controle.


Ainda assim, cerca de 30% dos pacientes precisam de terapias combinadas e muitos não atingem as metas de PIO. Especialmente devastadora é a variante pediátrica da doença, o glaucoma congênito primário (GCP). Nesse contexto, é consenso a necessidade de novas opções de tratamento.


A novidade é um estudo de pesquisadores da Northwestern Medicine revelando novos alvos potenciais para adultos e crianças.



Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

1 visualização