Buscar

O médico não é referência em informações sobre cannabis medicinal


O uso de cannabis com fins medicinais vem aumentando com grande consistência em diversos países. No Brasil, o uso com fins medicinais já possui suporte jurídico e há um movimento para a descriminalização do uso recreativo.


Em quaisquer dessas situações, os médicos deveriam ser a principal referência para a busca de informações idôneas. Entretanto, um estudo conduzido por pesquisadores do Breastcancer.org e do Lankenau Medical Center afirma que os médicos não estão assumindo esse papel.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

0 visualização