Buscar

Pacientes alérgicos à penicilina são mais propensos a falha dos implantes


Estudo revela que os implantes dentários têm mais do dobro das probabilidades de falhar em pessoas que relatam alergia à penicilina e recebem antibióticos alternativos, em comparação com os que tomaram amoxicilina.


O estudo, publicado na Clinical Implant Dentistry and Related Research, é o primeiro a examinar o impacto da prescrição de antibióticos que não a amoxicilina para implantes dentários.


Os implantes dentários são soluções seguras e de longo prazo para a substituição dos dentes em falta ou danificados. Um implante semelhante a um parafuso é colocado cirurgicamente no osso para agir como raiz de um dente de substituição e ancorar o dente artificial. O osso funde-se então ao implante ao longo de vários meses, integrando-o.


Para reduzir a probabilidade de infeção, muitos profissionais prescrevem amoxicilina - um antibiótico da família da penicilina - antes e após a cirurgia para colocação do implante.


Se o paciente reportar alergia à penicilina, podem ser prescritos antibióticos alternativos.


Pesquisadores da New York University analisaram os dados dos pacientes que receberam implantes dentários, documentando quais os antibióticos que foram administrados e se o seu implante dentário foi bem sucedido ou falhou.


A amostra incluiu 838 pacientes :


  • 434 que relataram ter uma alergia à penicilina;

  • 404 pacientes sem alergia.

  • Todos os pacientes sem alergia à penicilina receberam amoxicilina, enquanto aqueles que relataram uma alergia receberam antibióticos alternativos : clindamicina, azitromicina, ciprofloxacina ou metronidazol.


Como resultados os pesquisadores notaram que :


  • Os implantes dentários falharam em 17,1% dos pacientes que reportaram uma alergia à penicilina, contra 8,4% dos pacientes sem alergia.

  • Pacientes que tomaram certos antibióticos que não a amoxicilina eram muito menos propensos a ter implantes dentários bem sucedidos.

  • A taxa de insucesso dos pacientes que tomaram clindamicina foi de 19,9% e de 30,8% para a azitromicina.


A razão pela qual os implantes dentários falharam em pacientes com alergia à penicilina é desconhecida. Pode ser atribuída a vários fatores, incluindo reações ao material utilizado nos implantes ou ineficácia dos antibióticos alternativos.


Curadoria: Prof. Tiago Nogueira, Especialista e Mestre em implantodontia


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

3 visualizações