Buscar

Reforçada diretriz de profilaxia da endocardite infecciosa com ênfase na saúde bucal


A American Heart Association (AHA) publicou em 2007 uma diretriz de uso de antibioticoprofilaxia em pacientes de risco para endocardite infecciosa bacteriana (EIB) com indicação de procedimentos odontológicos invasivos. Na ocasião, a profilaxia foi recomendada de forma restrita, apenas para grupos específicos sob maior risco de EIB.


Foram elencados aqueles com valvas cardíacas protéticas ou valvas reparadas com material sintético, indivíduos com histórico prévio de EIB, adultos e crianças com cardiopatia congênita e transplantados cardíacos. O agente infeccioso prevalente na EIB relacionada a procedimentos odontológicos é o Estreptococcus viridans.


Agora, um novo estudo de revisão revisita a diretriz de 2007 para possíveis alterações e traz importantes considerações sobre outras medidas de prevenção igualmente importantes na prevenção de EIB.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

8 visualizações