Buscar

Singularidade do microbioma pode prever longevidade e envelhecimento saudável


Alterações na composição do microbioma intestinal são o foco de diversos estudos sugerindo uma série de interações com situações de saúde e doença. Apesar disso, a importância efetiva do microbioma no envelhecimento não foi estabelecida. Agora, um grupo de pesquisadores do Instituto de Biologia de Sistemas (ISB) publicou um estudo na Nature Metabolism que pode ser a pedra angular nesse tipo de conhecimento.


No estudo, a equipe reuniu dados clínicos e de sequenciamento do microbioma de mais de 9.000 indivíduos com idades entre 18 e 101 anos de três coortes independentes. Correlacionando dados de sequenciamento do microbioma e resultados de saúde, os pesquisadores identificaram um caminho comum, mas não igual, da evolução da diversidade bacteriana do intestino em direção ao envelhecimento saudável e à maior longevidade.


Clinicamente, tal conhecimento será útil para monitorar e até intervir em busca de melhores resultados de saúde.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

14 visualizações
DOCMEDIA_ICONE_HIG_RES_WHITE.png

healthcare innovation

Atenção: Docmedia é um espaço informativo de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, tecnologias e pesquisas científicas. Não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
© 2020 Pharmedia Informática Ltda