Buscar

Terapia exossômica para AVC mostra resultados consistentes


Pesquisadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, publicaram um trabalho recente na Translational Stroke Research que pode significar uma mudança de paradigma no diagnóstico e tratamento do acidente vascular cerebral (AVC), condição tão comum quanto devastadora. No trabalho, foi utilizado um modelo suíno de lesão isquêmica da artéria cerebral média, escolhido por suas semelhanças no padrão de neurodegeneração após AVC visto em humanos.


A mensuração dos danos foi realizada por meio de ressonância magnética (RM) para identificar as alterações na linha média, assim como pela testagem de 90 parâmetros funcionais adaptados da escala Rankin (mRS). Foi realizada análise multiparamétrica das correlações entre as medidas de RM e o resultado funcional.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações