Buscar

Terapia tópica aumenta a sensibilidade do câncer de cabeça e pescoço à quimioterapia


A grande maioria dos cânceres de cabeça e pescoço é composta por carcinomas de células escamosas (OSCC).


Esse tipo de neoplasia possui dois pilares principais de tratamento, que são a radioterapia e a quimioterapia.


Infelizmente, muitos pacientes terminam por desenvolver resistência à cisplatina, principal quimioterápico utilizado nesse tipo de tratamento.


A novidade é que pesquisadores da Tokyo Medical and Dental University afirmam que a utilização tópica de uma pequena molécula é capaz de restaurar a sensibilidade desses tumores à quimioterapia, o que pode beneficiar enormemente parte desses pacientes.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

0 visualização