Buscar

Transplante autólogo de neurônios dopaminérgicos mostra eficácia contra Parkinson


A doença de Parkinson (DP) é um distúrbio neurodegenerativo que cursa com alterações cognitivas e do movimento em decorrência da perda progressiva de neurônios dopaminérgicos (NDs) em determinadas áreas do cérebro. Habitualmente, os pacientes são tratados com medicamentos que visam essa deficiência de dopamina, como a L-DOPA.


O tratamento resulta na suavização dos sintomas, mas essa melhora é transitória, uma vez que o processo degenerativo continua com a morte de mais NDs. Buscando uma alternativa de tratamento para esses pacientes, pesquisadores da Universidade de Wisconsin (Madison) conduziram um estudo experimental utilizando primatas não humanos como modelo da doença.


A proposta do estudo foi avaliar o transplante de NDs produzidos a partir de células-tronco, e o transplante feito com NDs produzidos a partir de células autólogas mostrou resultados tão animadores que a equipe já vislumbra a possibilidade de ensaios clínicos.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

13 visualizações