Buscar

Tratamento potencial para esclerose múltipla envolve dieta e microbioma


Fruto de uma complexa interação entre fatores genéticos e ambientais, a esclerose múltipla (EM) é uma doença neuroinflamatória crônica imunomediada. Embora os fatores genéticos estejam bem caracterizados, o mesmo não se vê em relação aos fatores ambientais, que se julga serem responsáveis por 70% do risco de doença.


Agora, um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Iowa em modelo animais validados para EM sugere que o metabolismo bacteriano de compostos dietéticos vegetais pode prover proteção contra a EM.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações