Buscar

Vício em vitamina B6 pode originar novos tratamentos para a leucemia mieloide aguda


Pesquisadores do Cold Spring Harbor Laboratory e do Memorial Sloan Kettering Cancer Center, ambos nos Estados Unidos, publicaram um artigo recente na Cancer Cell que pode originar novas formas para o controle da leucemia mieloide aguda (LMA). O foco do artigo é a utilização da vitamina B6 pelas células.


Em células sadias, o uso da vitamina B6 é racional, reservando-se apenas para manter as funções metabólicas que requerem o uso da vitamina. As células leucêmicas, por sua vez, sofrem proliferação clonal extremamente vigorosa, necessitando do uso de quantidades muito aumentadas de vitamina B6. Os pesquisadores decidiram explorar essas diferenças e, para tal, utilizaram células leucêmicas para identificar os genes com expressão aumentada nessas células. Isso resultou em um conjunto de 230 genes com expressão aumentada na LMA, cuja importância para a proliferação do câncer foi testada por meio do bloqueio de um por um.


Quer saber mais?


Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

11 visualizações