Buscar

Veneno de escorpião pode aprimorar a imunoterapia do glioblastoma


Mesmo após décadas de experiência, o tratamento do glioblastoma multiforme (GBM) apresenta progressos modestos na melhora da sobrevida mesmo com o advento da imunoterapia.


Boa parte desta dificuldade é creditada à presença de grande heterogeneidade na população celular de um mesmo tumor e às células tronco de GBM, a quem se credita a recorrência da doença.


A novidade que pode mudar este panorama vem de um curioso trabalho de pesquisadores da City of Hope National Medical Center, nos Estados Unidos, publicado na Science Translational Medicine.


Quer saber mais?


Baixe o app e acesse o material completo com link do artigo, além de canais de notícias, eventos e muito mais!


Baixe aqui AppStore


Baixe aqui Google Play

2 visualizações